Parque do Ibirapuera. Um lugar de todos.

capa

O Parque do Ibirapuera é o terceiro maior parque da cidade de São Paulo e o mais famoso. Nele existem inúmeros espaços destinados à prática de atividades físicas, à saúde, à  natureza e espaços culturais.

É impossível você ir ao Parque do Ibirapuera e não encontrar uma atividade que lhe agrade.
Durante a semana o parque é mais vazio, mas são nos finais de semana que você encontra uma maior diversidade de atividades, de pessoas e de gostos, reunidos de uma só vez.

Mosaico 1

Em algumas áreas do parque é possível ler, meditar, apreciar a natureza, fazer um piquenique ou simplesmente caminhar sem compromisso, outras são um verdadeiro convite às atividades esportivas. Ciclovias circundam o parque, onde dividem espaço com grupos de corrida, pessoas caminhando sozinhas, com amigos ou com seus animais de estimação em um movimento intenso de idas e vindas.

mosaico 3

Próximo ao Portão 3 existem locais para que você alugue uma bicicleta, porém, muita atenção nas áreas onde pedestres e ciclistas dividem o mesmo espaço para que não ocorram acidentes.

No Parque do Ibirapuera também existem quadras para a prática de vôlei, basquete e futebol e espaços específicos para as crianças, bem próximos um do outro, área bastante convidativa aos esportes coletivos.

23

As barraquinhas de água de coco estão espalhadas por todo o parque, geladinhas e deliciosas, são ótimas após a prática de esportes ou somente para deliciar-se em um dia de calor.

31

Existe uma área onde ficam os museus: Museu de Arte Moderna (MAM), Museu Afro Brasil, Fundação Bienal, OCA e também o Auditório Ibirapuera onde, em sua área externa, algumas vezes são oferecidas ao público apresentações musicais e cinema ao ar livre gratuitos.
Em alguns dos museus a entrada é gratuita em um dia específico da semana. No MAM é aos domingos, Museu Afro Brasil aos sábados.

mosaico 6

Outra atração interessante do parque é o Planetário Aristóteles Orsini, o primeiro planetário do Brasil, inaugurado em 1957, é administrado pela Prefeitura de São Paulo através da Universidade Aberta do Meio Ambiente. O prédio é importante patrimônio histórico, científico e cultural, tombado pelo Conselho Municipal de Tombamento e Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat). Está aberto ao público nos finais de semana, com entrada gratuita e sessões de 40min às 10h, 12h, 15h e 17h, bastando chegar 1 hora antes para retirar os ingressos.

Mosaico 2

O Pavilhão Japonês é um local do parque bastante conhecido pela sua beleza, lá você poderá relaxar e conhecer um pouco da cultura japonesa e, se desejar, pode alimentar as carpas com uma ração que é fornecida lá mesmo.

Na marquise do Parque do Ibirapuera as pessoas costumam praticar e aprender atividades com skate e patins e, aos finais de semana, o local abriga uma feirinha de artesanato.

mosaico 7

O Ibirapuera também é o local escolhido por grupos de prática de meditação, e outros grupos com diversas finalidades como dança, circuito funcional de ginástica, yoga, e outras atividades que fazem do parque uma área onde é possível agradar a todos ao mesmo tempo.

Espalhadas pelo parque estão obras de arquitetura, além de espaços destinados exclusivamente à natureza, como o Viveiro Manequinho Lopes, e espaços específicos a determinadas atividades, como o Bosque da Leitura. O lago do Ibirapuera e a natureza exuberante completam o cenário maravilhoso deste lugar mágico.

Na área externa, no entorno do parque, estão alguns dos cartões postais de São Paulo, o Monumento às Bandeiras e Obelisco, lugares ótimos para uma foto.

mosaico 5

O Parque também fica aberto durante a noite e, por ficar mais vazio nesses horários, é preciso ter atenção com a segurança. Muitas vezes ocorrem shows e mostras de cinema após às 20h. Também é preciso ter atenção ao horário de fechamento dos portões, alguns fecham mais cedo e, muitas vezes, quem não conhece bem o parque, fica um pouco perdido e sem informação. Confira o horário de fechamento dos portões:

  • Portões: 2, 3, 5 e 10, das 5h as 0h.
  • Portões: 4, 6 e 9, das 5h as 22h.
  • Portões: 7, 8 e 9A, das 6h as 20h.
  • Portão: 7A, das 7h as 17h.

O funcionamento do Parque do Ibirapuera é das 5h à meia noite.

Não deixe de visitar e boa diversão!

Mapa do parque

Museu de arte Moderna (MAM): portão 3
Museu Afro Brasil : portão 10 ,Ingresso R$ 6,00 de terça a domingo das 10h às 17h,
Fundação Bienal: portão 3
OCA: portão 1 ou portão 3 de segunda à sexta de 9h
às 17 h
Auditório Ibirapuera: portão 3
Pavilhão Japonês: Acesso pelo portão 3 e 10, ingresso R$10,00 e o horário 10 às 12 e das 13 às 17h quarta, sábado, domingo e feriado.
Planetário: Finais de semana às 10h, 12h, 15h e 17h – chegar 1 hora antes para retirar os ingressos.
Viveiro Manequinho Lopes: Portão 7A
Bosque da Leitura: portão 7 sábados e domingos das 10h às 16h